sábado, 26 de setembro de 2009

Mil abadas

Uma amiga minha disse que só vai casar depois que colecionar mil abadas. Está ai uma medida que deveria ser adotada pelo governo federal. Só pode casar aquele que apresentar junto ao INSS comprovantes de mil abadas. Não venha com golpes, comprando abadas falsos ou no contrabando. Quem quiser casar tem que provar que o suor que está no abada é seu. Com esta medida acredito que teremos menos casamentos, mas com certeza, mais felizes.

6 comentários:

Jéssica Balbino disse...

Este é o melhor post do blog, Alcê !
Muito boa essa medida. O único problema é que ninguém mais vai casar, até porque ir a micaretas já está meio demodé... o 'in' agora é frequentar raves e as baladas fechadas em motéis !

Delma disse...

Bibi, eu confesso... tinha uma secreta esperança de contrair matrimônio com a sua pessoa... mas com esse negócio de abadás eu não posso concorrer... nunca tive um abadá na vida, achava que era uma coisa meio sem vergonha (abadá... dá o que meu deus?)...Imagina então raves e baladas de motel... é o fim do mundo. Sou do tempo que balada era apenas uma melodia romântica e motel era um lugar frequentado por aquela vizinha de vestido justo. Como as coisas mudam... E agora me bateu uma incerteza: como será que a Jéssica sabe dessas coisas??? Um abraço-de-coração-partido....

Jéssica Balbino disse...

Eu sei porque eu leio muito, oras !

Alex disse...

Ahh Jéssica Lê muito...seiii!!! e uma ir em micareta não é demodé viuuu.......ainda bem que só tenho 3 abadas...vai demorar para chegar a mil...
O Delma que coisa é essa de cantar o jornalista?

Nathália Assis disse...

Meu Deus!! Fui alvo de comentario no blog, mas realmente este post foi o melhor! E continuo dizendo...só caso depois de mil abadas!!E olhe lá....

Anônimo disse...

Alcê, se esta sua aniga é quem eu penso que é gostaria de ser parceiro dela em pelo menos 500 abadas.Roberto