quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Recorde

Me ferrei, dei com a cara na porta do Palácio do governo. Me preparei mais de um mês para fazer uma entrevista com o governador e ele deu uma de Paulinho e foi para os Estados Unidos. Fiz a entrevista mais rápida da minha vida, entre cumprimentos, despedidas e pose para foto, a entrevista durou mais ou menos trinta segundos. Mas ainda deu tempo de dizer a ele que o prefeito esteve nos estetes e que se emocionou com a situação dos poços-caldenses que vivem lá em Mount Vernon. Ele disse que estava com a agenda cheia, mas que se desse, ele também iria lá para dar uma choradinha. Companheiro que é companheiro não deixa parceiro chorar sozinho. Ele ainda pediu para eu desligar o gravador e falou baixinho no meu ouvido. '"Como é mesmo o nome do seu chefe?" E eu: "Paulo Vitor" E voltando a gravar ele mandou o recado: "Queria aproveitar a oportunidade e mandar um abraço para o meu grande amigo Paulo Vitor". Será dado.

4 comentários:

Alex disse...

Cada dia que passa eu num aguento de tanto rir com esse blog. Mas Cantão,você anda acordando cedo demais. Olha só os horários de suas postagens, ou é esse blog que anda com insonia rsrsrs

Jéssica Balbino disse...

O Paulo Vitor é seu chefe?
Mas, falando sobre o fiasco, que triste em Alcê?! Viajar mais de 500 km e tirar apenas uma foto?
ô lôco ! Assim que o Aaah écio voltar dos EUA com os olhos inchados de tanto chorar por conta dos nossos companheiros que vivem por lá, vou me encontrar com ele e fazê-lo chorar por este papelão que te fez passar !
beijos com saudades, Alcê !

Delma disse...

Ahhhhh!!!! e eu dando mole pra pessoa errada....putz...

Paulo Vitor disse...

Alcebíades, valeu por não esquecer seu chefe. tem que ser assim mesmo. Não esquenta com a fama de puxa saco. Vai conseguir um aumento de salário quando chegar a Poços.